UMA TEMPORADA NO INFERNO, Rimbaud

maio 25, 2009

uma_temporada_no_inferno

Noite do inferno

“Engoli um senhor gole de veneno. _ Três vezes abençoado seja o conselho que me deram! _ As entranhas me ardem. A violência do veneno torce meus membros, me torna disforme, me prostra. Morro de sede, sufoco, não consigo gritar. É o inferno, a pena eterna! Vejam como o fogo se ergue! Queimo como deve ser. Anda, demônio!”

2 Respostas to “UMA TEMPORADA NO INFERNO, Rimbaud”


  1. Olá,

    Gostaria de cumprimentá-lo inicialmente pelo belo conceito do seu blog. É uma referência de qualidade e bom gosto que acompanharei diariamente.
    Gostaria de deixar algumas sugestões, Jorge Amado, que me parece uma leitura indispensável, junto a Machado de Assis, Guimarães Rosa e Cecília Meirelles. Mas queria chamar a atenção a uma poetiza, falecida no Brasil, muito peculiar, e que está a merecer uma leitura qualificada fora daqui, me refiro a Cora Coralina, que merece uma leitura atenta. Muito obrigado por ter criado este espaço, especial na verdade, e que se tornará a minha meca virtual em busca de boa literatura. Abraços. Domingos. Brasil.

  2. ogrifoemeu Says:

    Obrigado, Domingos.
    Bem-vindo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: