RUBÁIYÁT, Omar Kháyyám

novembro 18, 2009

Rubaiyat

Todos sabem que meus lábios nunca murmuraram uma oração.

Não procurei nunca dissimular os meus pecados.

Ignoro se existem realmente uma Justiça e uma Misericórdia.

Mas, se existem, não desespero delas:

fui sempre um homem sincero.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: