AS VIAGENS DE GULLIVER, Jonathan Swift

janeiro 26, 2011

Pois, disse ele, por mais bonita que nossa situação possa parecer a um estranho estamos, entre dois males: uma violenta dissidência interna e o perigo de invasão por poderosíssimo inimigo externo. Quanto à primeira, devo dizer-lhe que há mais de setenta luas existem dois partidos inimigos neste império, sob os nomes de Tramecksan e Slamecksan, que se referem aos saltos de seus sapatos, mais altos ou mais baixos, que distinguem uns dos outros.

Alega-se, é claro, que os saltos altos combinam mais com nossa antiga Constituição; mas, combinem ou não, Sua Majestade determinou que se usem apenas saltos baixos na administração do governo e em todos os cargos sob a égide da Coroa. E como ninguém pode deixar de notar, particularmente, que os saltos de Sua Majestade imperial são mais baixos pelo menos um drurr do que todos os demais saltos usados na corte (drurr é uma medida equivalente à décima quarta parte de dois centímetros e meio), as animosidades entre esses dois partidos tornaram-se tão altas que eles não comem, não bebem em companhia dos outros e muito menos se falam. Calculamos que os Tramecksan, ou os saltos altos, nos excedem em número; mas o poder está todo do nosso lado. Tememos que sua alteza imperial, o herdeiro da Coroa, tenha alguma tendência para os saltos altos; pelo menos, pode-se perceber que um de seus saltos é mais alto do que o outro, o que o faz mancar quando anda.

(retirado da PARTE 1 – UMA VIAGEM A LILIPUT)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: