AS VIAGENS DE GULLIVER, Jonathan Swift

abril 6, 2011

Ouvi um debate acalorado entre dois professores sobre os modos mais cômodos e eficientes de arrecadar dinheiro sem escorchar demais os súditos. O primeiro afirmava que o método mais justo seria aplicar impostos sobre vícios e loucuras; a soma determinada para cada pessoa deveria ser estabelecida do modo mais justo através de um júri formado por seus vizinhos. O segundo era de opinião diretamente oposta: taxar as boas qualidades de corpo e mente daqueles homens que valorizam a si mesmos; o valor deveria ficar mais ou menos de acordo com os níveis de excelência; a decisão seria deixada totalmente a cargo deles mesmos.

(retirado da PARTE 3 – UMA VIAGEM A LAPUTA, BALNIBARDI, LUGGNAGG, GLUBBDUBDRIB E JAPÃO)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: