Archive for the 'Geroge Orwell' Category

1984, George Orwell

janeiro 4, 2011

Era terrivelmente perigoso deixar os pensamentos à solta num lugar público qualquer ou na esfera de visão de uma teletela. Qualquer coisinha podia ser sua perdição. Um tique nervoso, um olhar inconsciente de ansiedade, o hábito de falar sozinho – tudo que pudesse produzir uma impressão de anormalidade, de que tinha alguma coisa a esconder. Fosse como fosse, ostentar uma expressão inadequada no rosto (parecer incrédulo no momento em que uma vitória era anunciada, por exemplo) era em si um infração passível de castigo. Havia inclusive uma palavra para isso em Novafala: rostocrime.

%d blogueiros gostam disto: