Archive for the 'J. M. Coetzee' Category

INFÂNCIA, J.M. Coetzee

junho 22, 2010

Os ataques contra a mãe são uma das coisas que ele precisa manter cuidadosamente em segredo do mundo exterior. Só eles quatro sabem das torrentes de desprezo que despeja sobre ela, tratando-a como uma inferior. “Se seus professores e seus amigos soubessem como você trata a sua mãe…”, diz o pai, balançando um dedo ameaçador. Ele odeia o pai por enxergar com tanta clareza a brecha em sua armadura.

DESONRA, J. M. Coetzee

maio 16, 2009

desonracoetzee

“Você já ama o bebê?”

Embora sejam palavras suas, saídas de sua boca, ele se surpreende.

“O bebê? Não. Como poderia? Mas vou amar. O amor cresce, basta confiar na Mãe Natureza. Estou decidida a ser uma boa mãe, David. Uma boa mãe e uma boa pessoa. Você devia tentar ser uma boa pessoa também.”

“Acho que já é tarde demais para mim. Eu sou apenas um velho prisioneiro cumprindo sua pena. Mas você pode ir em frente. Está indo muito bem.”

Uma boa pessoa. Bela resolução a ser tomada, em tempos sombrios.

%d blogueiros gostam disto: